Posted in Destaque, Notícias
4 de Janeiro de 2023

Pacto Ecológico Europeu: análise dos principais fatores determinantes da segurança alimentar na UE e no mundo

A Comissão publicou hoje um documento de análise dos principais fatores que afetam a segurança alimentar, elaborado pelos serviços da Comissão. Nesse documento, são analisados os efeitos na segurança alimentar de fatores como as alterações climáticas, a degradação ambiental, as consequências económicas da COVID-19 e a invasão da Ucrânia pela Rússia. Com base nos dados científicos mais recentes, esta análise identifica diferentes tipos de fatores determinantes: biofísicos e ambientais; relativos à investigação, inovação e tecnologia; económicos e de mercado; de desempenho da cadeia de abastecimento alimentar; políticos e institucionais; socioculturais e demográficos. A análise também se debruça sobre as perpetivas a curto e a longo prazo e a forma como elas se relacionam. Foram recolhidos os pontos de vista das partes interessadas através de consultas específicas e os mesmos foram tidos em conta nesta análise. Neste momento, não está em causa a disponibilidade de alimentos na Europa. Porém, o custo dos alimentos é uma preocupação crescente para um número cada vez maior de famílias com baixos rendimentos. A disponibilidade, o custo, a utilização e a estabilidade não se podem considerar como um dado adquirido. Se não forem devidamente abordados, alguns dos fatores determinantes podem tornar-se riscos para a segurança alimentar e expor vulnerabilidades no nosso sistema alimentar. A UE lançou muitas iniciativas para garantir um sistema alimentar sustentável, inclusivo e resiliente, com um calendário realista e os instrumentos de apoio necessários. Mais informações no documento de análise.