Posted in Destaque, Notícias
15 de Setembro de 2021

Novo Bauhaus Europeu: novas ações e financiamento para conciliar sustentabilidade, estilo e inclusão

A Comissão adotou hoje uma comunicação na qual define o conceito do Novo Bauhaus Europeu. O projeto, que inclui uma série de ações e possibilidades de financiamento, visa acelerar a transformação de vários setores económicos, como os da construção e dos têxteis, a fim de facilitar o acesso de todos os cidadãos a bens circulares e com menor intensidade de carbono.

Novo Bauhaus Europeu introduz uma dimensão cultural e criativa no Pacto Ecológico Europeu a fim de demonstrar de que modo a inovação sustentável se pode traduzir, no nosso dia a dia, em experiências concretas e positivas.

Em termos de financiamento serão disponibilizados, em 2021-2022, a título de programas da UE, 85 milhões de euros destinados a projetos a realizar no âmbito Novo Bauhaus Europeu. Muitos outros programas da UE integrarão o Novo Bauhaus Europeu como elemento de contexto ou prioritário, sem um orçamento específico predefinido.

O financiamento provirá de diferentes programas da UE, incluindo o Horizonte Europa, um programa de investigação e inovação (e, em especial, as missões Horizonte Europa), o programa LIFE para o ambiente e a ação climática e o Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. Além disso, a Comissão convidará igualmente os Estados-Membros a integrar os valores fundamentais do Novo Bauhaus Europeu nas respetivas estratégias de desenvolvimento territorial e socioeconómico e a mobilizar os elementos pertinentes dos seus planos de recuperação e resiliência, bem como dos programas relacionados com a política de coesão, a fim de criar um futuro melhor para todos.

A Comissão fundará um laboratório do Novo Bauhaus Europeu, um grupo de reflexão e de ação que se destina a cocriar, desenvolver protótipos e testar ferramentas, soluções e ações que permitirão facilitar a transformação no terreno. O laboratório retomará o espírito colaborativo que está na base deste projeto a fim de harmonizar diferentes perspetivas, estabelecer ligações com a sociedade, a indústria e a política e entre os cidadãos e inventar novas formas de criação conjunta.

A comunicação inspira-se nos contributos recebidos durante a fase de conceção conjunta, que decorreu de janeiro a julho, e durante a qual a Comissão recebeu mais de 2000 contribuições de toda a Europa e de outras partes do mundo.

Promover um movimento em crescimento

Em janeiro de 2021 foi lançada uma fase de conceção conjunta cujo intuito é identificar e promover uma reflexão sobre soluções estéticas, sustentáveis e inclusivas para os nossos espaços de vida e contribuir para a realização dos objetivos do Pacto Ecológico Europeu. Durante a primeira fase de desenvolvimento, todos os cidadãos foram convidados a participar num debate a fim de repensar a forma como vivemos juntos. Esta troca de ideias contribuiu para dar corpo à Comunicação sobre o Novo Bauhaus Europeu hoje apresentada.

A criação conjunta continua a ser um exercício essencial que deverá evoluir em função dos primeiros resultados concretos, através da avaliação e análise dos mesmos. Por conseguinte, a Comissão continuará a aprofundar ainda mais os esforços realizados juntamente com a comunidade do Novo Bauhaus Europeu, que é constituída por um numero cada vez maior de indivíduos, organizações e autoridades empenhados.

O movimento inspira-se também nos locais e projetos estéticos, sustentáveis e inclusivos que existem já na Europa. A primeira edição do concurso Novo Bauhaus Europeu celebra estas realizações, atribuindo prémios em dez categorias, que vão dos «produtos e estilo de vida», a «reinvenção dos locais de encontro e partilha». A vertente «estrelas em ascensão do Novo Bauhaus Europeu», aberta exclusivamente à participação dos jovens com menos de trinta anos, apoia e incita a nova geração a continuar a desenvolver ideias e conceitos inovadores. A cerimónia de entrega dos prémios terá lugar em 16 de setembro.

Vários membros do Colégio de Comissários manifestaram a sua opinião sobre este tema:

A presidente da Comissão,Ursula von der Leyen, declarou o seguinte:

«O Novo Bauhaus Europeu combina a grande visão do Pacto Ecológico Europeu com mudanças concretas no terreno: mudanças que contribuam para tornar o nosso quotidiano mais aprazível e que as pessoas possam ver e sentir nos edifícios e espaços públicos, bem como artigos de moda ou mobiliário. O Novo Bauhaus Europeu visa criar um novo estilo de vida que combine sustentabilidade e design de qualidade, que exija menos carbono e que seja inclusivo e acessível para todos.»

Segundo a comissária da Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel«Ao criar pontes entre ciência e inovação e arte e cultura e ao adotar uma abordagem holística, o Novo Bauhaus Europeu desenvolverá soluções não só sustentáveis e inovadoras mas também acessíveis e enriquecedoras para todos».

A comissária da Coesão e Reformas, Elisa Ferreira, afirmou por sua vez: «Graças à sua abordagem transdisciplinar e participativa, o Novo Bauhaus Europeu contribui para reforçar o papel das autoridades locais e regionais, das indústrias, dos inovadores e das mentes criativas que colaboram entre si a fim de melhorar a nossa qualidade de vida. A política de coesão transformará ideias novas em ações locais.»

PARA MAIS INFORMAÇÕES

Comunicação sobre o Novo Bauhaus Europeu

Anexo 1 — Relatório sobre a fase de conceção conjunta

Anexo 2 — Mobilizar programas da UE

Anexo 3 — O ecossistema do Novo Bauhaus Europeu

Perguntas e respostas

Sítio Web do Novo Bauhaus Europeu

Mesa redonda de alto nível

State of the Union Address by President von der Leyen