Posted in Destaque, Notícias
10 de Novembro de 2020

Vencedores do Prémio Europeu do Património Cultural / Europa Nostra 2020

Rede Tramontana III (Portugal, Espanha, França, Itália e Polónia) vence Grande Prémio Europeu do Património Cultural / Europa Nostra 2020. Os vencedores dos Prémios Europeus do Património Cultural / Prémios Europa Nostra 2020 – a maior distinção neste domínio – foram homenageados num encontro virtual que juntou profissionais, voluntários e apoiantes do património de toda a Europa.

Devido às medidas de proteção contra a COVID-19, a Cerimónia Europeia do Património Cultural foi realizada inteiramente online pela primeira vez, com a participação virtual de Mariya Gabriel, Comissária Europeia para Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, e Hermann Parzinger, Presidente Executivo da Europa Nostra.

Durante a cerimónia, representantes da Comissão Europeia e da Europa Nostra anunciaram os três vencedores do Grande Prémio e o vencedor do Prémio Escolha do Público deste ano, que foram selecionados entre os 21 premiados oriundos de 15 países europeus.

Os laureados com o Grande Prémio deste ano são:

  1. o projeto Rede Tramontana III (Portugal, França, Itália, Polónia e Espanha), dedicado à investigação do património material e imaterial das regiões montanhosas da Europa (mais informações infra);
  2. a reabilitação exemplar da Basilica de Santa Maria di Collemaggio, L’Aquila (Itália), fortemente danificada pelo devastador terramoto de 2009; e
  3. a grande exposição Auschwitz. Não há muito tempo. Não muito longe (Polónia / Espanha), que assinala o 75º aniversário da libertação do maior campo de concentração nazi.

Os vencedores do Grande Prémio, escolhidos por um júri de peritos e a Direção da Europa Nostra, receberão cada um 10.000€.

Prémio Escolha do Público foi para o projeto de educação, treino e sensibilização Ambulância para os Monumentos (Roménia), que salvou centenas de edifícios classificados do país através de uma rede de organizações ativas na área do património. Este projeto recebeu o maior número de votos, através de uma votação online com a participação de mais de 12.000 cidadãos de toda a Europa.

O Prémios Europeus do Património Cultural / Prémios Europa Nostra foram lançados pela Comissão Europeia em 2002 e a sua atribuição tem estado a cargo da Europa Nostra – a Voz Europeia da Sociedade Civil para o Património Cultural – desde o seu início. Estes Prémios têm o apoio do programa Europa Criativa da União Europeia.

Durante a cerimónia online, representantes da Comissão Europeia e do Consórcio ILUCIDARE, incluindo a Europa Nostra, apresentaram os dois vencedores da primeira edição dos Prémios Especiais ILUCIDARE: Arqueologia para um jovem futuro (Itália / Síria), pela excelência em relações internacionais baseadas no património; e TYPA – Museu da Impressão e Papel da Estónia, Tartu (Estónia), pela excelência em inovação no domínio do património (leia o comunicado de imprensa).

Os vencedores dos Prémios Especiais ILUCIDARE foram selecionados pelos parceiros ILUCIDARE de entre as candidaturas apresentadas aos Prémios Europeus do Património Cultural / Prémios Europa Nostra 2020. ILUCIDARE é um projeto financiado pelo programa Horizonte 2020, com o objetivo de estabelecer uma rede internacional para a promoção do património como fonte de inovação e de relações internacionais.

A Cerimónia Europeia do Património Cultural contou com excecionais momentos musicais preparados por parceiros da Europa Nostra: a Orquestra Juvenil da União Europeia, Le Dimore Del Quartetto (Itália) – vencedor de um Prémio Europeu do Património Cultural / Prémio Europa Nostra 2019 – e o European Music Centre em Bougival (França).

Ligações úteis: