Posted in Destaque
25 de Julho de 2018

UE mobiliza ajuda adicional para combater os incêndios devastadores na Grécia

O Comissário responsável pela Ajuda Humanitária e Gestão de Crises, Christos Stylianides, viajou recentemente para Atenas para supervisionar a assistência da União Europeia à Grécia através do Mecanismo de Proteção Civil da UE, na sequência dos incêndios mortais que assolam o país há alguns dias.

O Comissário anunciou que a Itália e a Roménia já tinham enviado 4 aviões e que as forças terrestres de Chipre começaram a operar ontem. Espanha, Bulgária, Croácia, Portugal, Malta e Montenegro ofereceram auxílio à Grécia através do Mecanismo.

O sistema de satélite Copernicus da UE foi também ativado para fornecer às autoridades mapas altamente pormenorizados. A Comissão continua a ajudar os outros Estados-Membros que solicitaram auxílio.

Na Suécia, o apoio da UE prossegue com 7 aviões, mais de 300 bombeiros e 60 veículos, que já operam nas zonas afetadas.

No que diz respeito à Letónia, o sistema de comunicações por satélite Copernicus da UE foi ativado para ajudar as autoridades nacionais a fazer uma cartografia das zonas de risco.

A Comissão cofinancia os custos de transporte da assistência através do Mecanismo de Proteção Civil da UE e estabelece ligações entre todas as autoridades de proteção civil da Europa. A Comissão propôs reforçar a resposta da Proteção Civil na UE através do rescEU — de modo a que, em caso de catástrofes múltiplas, os Estados-Membros estejam mais bem preparados para as enfrentar.

A proposta do rescEU é um elemento central da agenda do Presidente Juncker para uma Europa que protege.