0
Posted in União Europeia
24 de Março de 2014

Trabalho não declarado: inquérito revela a amplitude do problema

Aproximadamente um em cada dez europeus (11%) admite ter adquirido no ano anterior bens ou serviços que envolviam trabalho não declarado e 4% reconhecem ter auferido rendimentos de trabalho não declarados. Por outro lado, um em cada 30 (3%) recebeu «por fora» uma parte do respetivo salário.

São estes alguns dos resultados do inquérito Eurobarómetro que revela que o trabalho declarado continua a ser um problema disseminado na Europa, apesar da escala e da perceção do fenómeno variar em função do país.

Os problemas que o inquérito identifica deverão se objeto de uma proposta a apresentar pela Comissão em abril, para lançar a Plataforma Europeia de prevenção e dissuasão do trabalho declarado, a fim de intensificar a cooperação entre os Estados-Membros na perspetiva de combater o problema com maior eficácia.

Para mais informações: http://europa.eu/rapid/press-release_IP-14-298_pt.htm

Comments & Reviews