Rumo a um Espaço Europeu da Educação até 2025

Com o debate do futuro da Europa em pleno decurso, a Comissão Europeia apresenta hoje a sua visão quanto ao modo como poderemos criar um Espaço Educativo Europeu até 2025.

As ideias formuladas são concebidas como um contributo para a reunião dos líderes da UE, a realizar em Gotemburgo em 17 de novembro de 2017, na qual se irá debater o futuro da educação e da cultura. A Comissão considera que é do interesse comum de todos os Estados-Membros aproveitar plenamente o potencial da educação e da cultura como motor da criação de emprego, do crescimento económico e da justiça social, bem como um meio de expressão da identidade europeia em toda a sua diversidade.

Na sua reunião de Roma, em março de 2017, os líderes da Europa empenharam-se na criação de uma «União onde os jovens possam receber a melhor educação e formação e onde possam estudar e encontrar emprego em todo o continente.» A Comissão acredita que a educação e a cultura podem ser uma parte importante da solução para os desafios colocados pelo envelhecimento da força de trabalho, a digitalização contínua, a necessidade futura de competências, a necessidade de promover o espírito crítico e a literacia mediática, numa era em que os «factos alternativos» e a desinformação podem proliferar em linha, ou a necessidade de promover um maior sentimento de pertença face ao populismo e à xenofobia.

O Espaço Europeu da Educação deve incluir:

You may also like...