Posted in Destaque
29 de Outubro de 2018

Funchal recebe “Styx”, filme finalista do Prémio Lux de Cinema do Parlamento Europeu

Na próxima quarta-feira, dia 31 de outubro, o Cinema NOS Forum Madeira, exibe pelas 19h00, o filme “Styx”, de Wolfgang Fischer, finalista do Prémio Lux de Cinema do Parlamento Europeu 2018. A entrada é GRATUITA mas encontra-se limitada à capacidade da sala. Pelas 18h30 será servido um cocktail a todos os participantes.​

A iniciativa, do Gabinete do Parlamento Europeu (PE) em Portugal, em colaboração com o Centro Europe Direct da Madeira, insere-se nos Lux Film Days, que levam a todo o país os três filmes finalistas do Prémio Lux de Cinema do PE.

“Styx” (Alemanha, Áustria), do realizador Austríaco Wolfgang Fischer, parece ao princípio tratar-se dum documentário, mas na realidade trata-se duma alegoria magistral sobre o mundo polarizado no qual vivemos e a ambivalência em relação à crise dos refugiados. A protagonista navega na direção das suas férias de sonho no Atlântico, mas depois duma tempestade encontra-se perto dum navio abandonado, repleto de pessoas que precisam desesperadamente de ajuda. A guarda costeira instruí-a a não tomar qualquer ação, ao não dispor do equipamento necessário para os ajudar, mas a ordem entra em conflito com o seu sentido de responsabilidade social: será capaz de seguir o seu caminho enquanto outros seres humanos se afogam?

Os outros filmes finalistas da edição deste ano do Prémio Lux são “The Other Side of Everything” de Mila Turajlić (Sérvia, Franca, Qatar) e “Woman at War” de Benedikt Erlingsson (Islândia, França, Ucrânia).

Lux Film Prize é o prémio de cinema do Parlamento Europeu criado em 2007 para promover a produção cinematográfica europeia, fomentando a distribuição de filmes europeus na UE e estimulando o debate em torno de temas atuais.

Todos os anos, são nomeados três finalistas entre os filmes europeus cujo conteúdo verse a atualidade da integração europeia e temáticas controversas. Os nomeados são legendados nas 24 línguas oficiais da UE, o que significa um forte incentivo à penetração dos filmes no circuito comercial. A escolha do filme vencedor é feita pelos 751 eurodeputados.