Posted in Notícias
14 de Novembro de 2018

Erasmus+: um orçamento estimado em 3 mil milhões de euros para investir nos jovens europeus

A Comissão publicou recentemente o seu convite à apresentação de candidaturas de 2019 para o programa Erasmus+. Para o próximo ano está previsto um orçamento de 3 mil milhões de euros, dos quais 30 milhões foram reservados para as universidades europeias associadas. Esta é uma iniciativa nova, que foi aprovada pelos líderes da União Europeia na Cimeira Social de Gotemburgo, em novembro do ano passado, e faz parte do impulso dado no sentido da criação de um Espaço Europeu da Educação até 2025.

Convite à apresentação de candidaturas do programa Erasmus+ para 2019

Qualquer organismo público ou privado ativo nos domínios da educação, da formação, da juventude e do desporto pode candidatar-se a financiamento ao abrigo do convite à apresentação de candidaturas do programa Erasmus+ para 2019. Os grupos de jovens ativos no domínio da animação de juventude mas que não façam parte de uma organização de juventude podem igualmente candidatar-se a financiamento.

Juntamente com o convite à apresentação de candidaturas, a Comissão publicou hoje também o Guia do Programa Erasmus+ em todas as línguas oficiais da UE, para fornecer aos candidatos informações pormenorizadas sobre todas as oportunidades disponíveis em 2019 no programa Erasmus+ para estudantes, pessoal não-docente, estagiários, professores e outros.

30 milhões de euros para as universidades europeias

Tendo em vista a criação de um Espaço Europeu da Educação até 2025, a Comissão propôs a criação de universidades europeias na União Europeia.

No âmbito do convite à apresentação de candidaturas para 2019, a Comissão lançará um programa-piloto que apoiará seis alianças de universidades europeias, cada uma das quais constituída por um mínimo de 3 instituições de ensino superior de 3 países, tendo por objetivo promover uma identidade europeia reforçada, fomentar a excelência e ajudar a tornar as instituições de ensino superior europeias mais competitivas. Os candidatos têm de apresentar os seus pedidos de subvenção à Agência de Execução para a Educação, o Audiovisual e a Cultura até 28 de fevereiro de 2019, para as alianças a lançar entre 1 de setembro e 1 de dezembro do mesmo ano.

Uma segunda etapa piloto deverá seguir-se no próximo ano, estando prevista para 2021 a plena implantação da iniciativa no âmbito do próximo orçamento de longo prazo da UE. O objetivo é estabelecer cerca de vinte universidades europeias até 2024.

Mais informações

Convite à apresentação de candidaturas Erasmus+

Guia do Programa Erasmus+.

Eramus+