Posted in Destaque, Notícias
5 de Fevereiro de 2020

Dia Mundial de Luta contra o Cancro

A Comissão Europeia lança consulta pública em toda a UE no Dia Mundial de Luta contra o Cancro, 4 de fevereiro, sobre o Plano Europeu de Luta contra o Cancro, num evento que contará com a presença da presidente da Comissão, Ursula von der Leyen, e que será organizado pela comissária da Saúde e Segurança dos Alimentos, Stella Kyriakides, no Parlamento Europeu.

O evento «Plano Europeu de Luta contra o Cancro: Vamos ser mais ambiciosos» vai reunir uma série de intervenientes, dos líderes políticos aos profissionais da saúde e às organizações não governamentais, para recolher um amplo leque de pontos de vista sobre as grandes linhas do plano europeu e ajudar a identificar os domínios e o âmbito das ações futuras.

Embora a UE tenha uma longa história de luta contra o cancro, há ainda muitos desafios à nossa frente. Todos os anos, 1,3 milhões de pessoas morrem de cancro e 3,5 milhões de novos casos são diagnosticados na União Europeia.

Trata-se de uma questão de saúde grave que afeta diretamente 40 % dos cidadãos da UE e tem um impacto importante nos sistemas de saúde e nas economias europeias. No entanto, atendendo a que cerca de 40 % dos casos de cancro são devidos a causas evitáveis, o âmbito de ação e o potencial para reduzir o número de casos na UE são enormes.

Tal como anunciado pela presidente Ursula von der Leyen nas suas Orientações Políticas e tal como consta da carta de missão da comissária para a Saúde e a Segurança dos Alimentos, Stella Kyriakides, a Comissão irá apresentar um plano europeu para reduzir o sofrimento causado pela doença e apoiar os Estados-Membros na melhoria do controlo do cancro e da prestação de cuidados.

Plano Europeu de Luta contra o Cancro, que será apresentado antes do final deste ano, irá propor ações em cada uma das fases principais da doença:

  • Medidas de prevenção: A prevenção é a forma mais fácil e eficaz de reduzir o cancro na UE. As medidas de prevenção podem incluir um melhor acesso a regimes alimentares saudáveis e a generalização da vacinação; medidas destinadas a reduzir os fatores de risco ambiental, como a poluição e a exposição a produtos químicos; investigação e sensibilização do público.
  • Deteção e diagnóstico atempados: As medidas destinadas a melhorar a possibilidade de melhores resultados de saúde através do diagnóstico precoce podem incluir o aumento da cobertura da população-alvo para o rastreio do cancro e uma maior utilização de soluções digitais e de apoio técnico aos Estados-Membros.
  • Tratamento e cuidados: As medidas destinadas a melhorar os resultados dos cuidados e do tratamento do cancro podem incluir a melhoria do acesso a um tratamento de alta qualidade e a adoção de novas terapias; medidas destinadas a assegurar a disponibilidade e a acessibilidade dos medicamentos essenciais; inovação e investigação.
  • Qualidade de vida: As medidas para assegurar a melhor qualidade de vida possível aos doentes, sobreviventes e cuidadores podem incluir medidas para melhorar a reintegração profissional e prevenir a discriminação; a prestação de cuidados paliativos e a transferência de boas práticas.

Mais informações:

Consulta pública sobre o Plano Europeu de Luta contra o Cancro

Consulta sobre o roteiro do Plano Europeu de Luta contra o Cancro

Perguntas e Respostas

Ficha de informação «Por que é necessário um Plano Europeu de Luta contra o Cancro»

Ficha de informação «Combater o cancro graças à investigação»

Página Web sobre a política em matéria de cancro

Página Web do evento dedicado ao cancro

Sistema europeu de informação sobre o cancro

Estado da Saúde na UE

Código Europeu contra o Cancro

Vídeo sobre os tratamentos do cancro

Speech by President von der Leyen