Posted in Destaque, Notícias
8 de Janeiro de 2020

Declarações de Ursula von der Leyen e Josep Borrell sobre a situação no Iraque, no Irão, no Médio Oriente em geral e na Líbia

Esta manhã, o Colégio de Comissários reuniu para debater a situação decorrente das tensões no Iraque, no Irão, no Médio Oriente em geral, bem como na Líbia. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, assim como o alto representante/vice-presidente, Josep Borrell, proferiram declarações após a reunião.

A presidente da Comissão Europeia defendeu que o uso de armas deve dar lugar ao diálogo no Médio Oriente.
“A crise atual afeta profundamente não só a região, mas todos nós, e o uso de armas deve parar agora para dar espaço ao diálogo. Exortamos todas as partes para fazerem todos os possíveis para retomar as conversações. A UE, à sua própria maneira, tem muito para oferecer. Temos relações estabelecidas e comprovadas pelo tempo com muitos atores na região para ajudar a travar a escalada (…) A UE está muito empenhada nesta área, pelo que a sua voz é ouvida”, declarou Von der Leyen.

Assista à declaração aqui.