Posted in Notícias
17 de Dezembro de 2018

Chamada de emergência 112: satélites da UE podem localizar-nos mais rapidamente e com mais precisão

A Comissão adotou novas medidas para localizar com mais precisão pessoas em situações de emergência e aumentar a eficácia das operações de socorro.

De acordo com as novas regras da UE, todos os smartphones vendidos na UE terão de enviar a localização precisa da pessoa que liga para o 112 em busca de serviços de emergência.

A localização será determinada usando sinais dos Sistemas Globais de Navegação por Satélite (GNSS), incluindo o programa europeu Galileo (fora dos edifícios), e dos sinais Wi-Fi (dentro dos edifícios).

Atualmente, as informações de localização são estabelecidas através de tecnologia de identificação baseada na área de cobertura da torre da rede celular. A sua precisão média varia entre 2 a 10 km, o que pode levar a erros significativos nas buscas após uma chamada de emergência, contrariamente às informações de localização baseadas no Galileo, que fornecem uma precisão de apenas alguns metros.

Os novos padrões serão obrigatórios para todos os smartphones 36 meses após a entrada em vigor do regulamento. A maioria dos smartphones já possui tecnologia para cumprir os novos padrões.

Para mais informações: MEMO-18-4023