Posted in Destaque, Notícias
8 de Outubro de 2020

Aprovado terceiro contrato para garantir acesso a potencial vacina

A Comissão Europeia aprovou um terceiro contrato com uma empresa farmacêutica, a Janssen Pharmaceutica NV, uma das empresas farmacêuticas Janssen da Johnson & Johnson. Assim que se comprovar a segurança e a eficácia da vacina contra a COVID-19, o contrato permite que os Estados-Membros adquiram vacinas para 200 milhões de pessoas.

Terão também a possibilidade de adquirir vacinas adicionais para mais 200 milhões de pessoas.

Os Estados-Membros podem também decidir doar a vacina a países com rendimentos baixos e médios ou redirecioná-la para outros países europeus.

A Comissão já assinou um contrato com a AstraZeneca e com a Sanofi-GSK e concluiu com êxito negociações exploratórias com a CureVac, a BioNTech-Pfizer e a Moderna.

A vacina candidata contra a COVID-19 da Janssen tira partido da plataforma tecnológica AdVac®(link is external), que também foi utilizada para desenvolver e fabricar a vacina da Janssen contra o ébola, recentemente aprovada, e as vacinas candidatas contra o zica, o RSV e o VIH. A vacina candidata já se encontra na fase III dos ensaios clínicos.

A decisão da Comissão de apoiar esta vacina baseia-se numa avaliação científica sólida, na tecnologia utilizada, na experiência da empresa em matéria de desenvolvimento de vacinas e na sua capacidade de produção para abastecer toda a UE.

Ligações úteis: