0
Posted in União Europeia
26 de Novembro de 2013

Ajudar os países em desenvolvimento deve ser prioridade para UE

Segundo 66 % dos cidadãos da UE, a luta contra a pobreza nos países em desenvolvimento deve ser uma das principais prioridades da União Europeia.

Sete em cada dez pessoas (69 %) consideram que ajudar estes países é também positivo para a UE e beneficia os seus cidadãos. Estes são alguns dos principais resultados de um inquérito Eurobarómetro publicado hoje no âmbito das Jornadas Europeias do Desenvolvimento, em Bruxelas (26 e 27 de novembro).

Apesar das dificuldades económicas, há agora um maior numero de cidadãos da UE dispostos a pagar mais por produtos alimentares e outros produtos que apoiam os países em desenvolvimento (48 % dos inquiridos, o que representa um aumento de 4 pontos percentuais desde 2012). Entretanto, 83 % dos inquiridos pensam que é importante ajudar as populações dos países em desenvolvimento e 61 % são favoráveis ao aumento da ajuda.

Os cidadãos da UE consideram que, no futuro, a política de desenvolvimento deverá centrar-se no emprego (44 % dos inquiridos), na saúde (33 %), no crescimento económico (31 %) e na educação (30 %).

O Eurobarómetro Especial intitulado «Ajuda ao desenvolvimento da UE e Objetivos de Desenvolvimento do Milénio» deverá ser apresentado pelo Comissário A. Piebalgs nas Jornadas Europeias do Desenvolvimento (JED).

Este evento reunirá os Chefes de Estado e de Governo dos países africanos, as instituições da UE, os ministros da UE, os representantes das instituições da ONU, da sociedade civil, do mundo académico e do setor privado.

As discussões incidirão essencialmente nos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) e na necessidade de a Europa adotar uma posição forte para fazer face à pobreza no mundo e promover o desenvolvimento sustentável após 2015. Estas Jornadas oferecem às partes interessadas, aos doadores e aos principais intervenientes no desenvolvimento uma oportunidade única para se reunirem e para proporcionarem o seu contributo para uma perspetiva da UE sobre o desenvolvimento no período pós-2015.

Para mais informações: http://europa.eu/rapid/press-release_IP-13-1131_pt.htm

Comments & Reviews