Posted in Destaque, Notícias
2 de Setembro de 2021

Abertas as inscrições no concurso da UE para jovens tradutores!

As escolas secundárias de todos os países da UE podem começar agora a inscrever-se no Juvenes Translatores, o concurso anual de tradução organizado pela Comissão Europeia.

A partir das 12h00 (hora da Europa Central) de 2 de setembro, as escolas podem inscrever-se em linha para que os seus alunos possam competir com os seus pares em toda a UE. Este ano, o tema dos textos que os jovens irão traduzir é: «Vamos avançar no bom caminho – rumo a um futuro mais verde». Johannes Hahn, comissário do Orçamento e a Administração, declarou: «O objetivo do concurso é suscitar vocações de tradutor entre os jovens e, de um modo mais geral, promover a aprendizagem de línguas estrangeiras. O tema está em consonância com uma das prioridades políticas mais importantes da UE — o Pacto Ecológico Europeu — que, além disso, apresenta um interesse especial para as gerações mais jovens. Além de abordar este tema interessante, o concurso tem por objetivo reunir jovens de diferentes países que gostam de línguas estrangeiras e encorajá-los e ajudá-los a superar as barreiras entre as pessoas e as culturas. A capacidade de comunicarmos uns com os outros e a compreensão mútua, independentemente das nossas diferenças, são essenciais para a prosperidade da UE.» Os participantes podem escolher qualquer par de línguas entre as 24 línguas oficiais da UE (552 combinações linguísticas possíveis). No concurso do ano passado, os alunos utilizaram 150 combinações diferentes. O concurso desenrolar-se-á em linha em 25 de novembro de 2021 em todas as escolas participantes. Os vencedores — um por país — serão anunciados no início de fevereiro de 2022. Se as condições o permitirem, serão convidados para receber os prémios na primavera de 2022, numa cerimónia a realizar em Bruxelas. Terão também a oportunidade de se encontrarem com tradutores profissionais da Comissão Europeia e de se informarem melhor sobre a profissão e sobre o trabalho com línguas. Mais informações no comunicado de imprensa.